Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2007

Diversão

Segunda-feira, véspera de feriado, o Passeio Público Café, na Cinelândia, estava lotado com o Baile da Graça. Idem no baile na Cachanga do Malandro (Academia Carlos Bolacha), dentro do pacote do III Workshop O Samba e O Salão, que está rolando no Centro de Dança Alex de Carvalho. Aliás, amanhã é o último dia, com baile de encerramento no próprio local, com várias apresentações.
E como amanhã é feriado, o lance é dançar muuuuito no salão, mesmo que chegue em casa de madrugada se sentindo como o colega do vídeo aí embaixo (he,he,he).


Singin' In The Rain

Pois é, a chuva me pegou no meio da tarde, enfrentei um engarrafamento enorme para chegar em casa, me sentindo um pinto molhado. Resultado: apesar de tantas opções dançantes para esta noite, fiquei a ver tv. Ou melhor, lunaticamente mexendo no controle remoto, tentando assistir a 200 canais ao mesmo tempo. É nisso que dá ter tantas opções. Mas uma delas me fez recordar um filme que costumava passar na Sessão da Tarde do início dos anos setenta. Tem tudo a ver com a noite chuvosa de hoje, com dança e com música: Singin' In The Rain. Sim, o filme de 1951 (repito, eu assisti a uma reprise, ai, ai, ai). Dentre tantos outros musicais que passavam naquela época. Eu adorava. Mas lembro-me que meu irmão de-tes-ta-va. Ele dizia, quando esses filmes começavam: "não dou 2 minutos para eles, do nada, começarem a cantar e dançar". E se retirava para ouvir sua coleção de "The Beatles". Tenho que admitir que hoje em dia eu não teria paciência para assistir a esses filmes até …

Pequenas Notas

Amanhã, sexta-feira, dia 27/04, além dos bailes regulares listados no link da seção dicas de bailes, à direita, destacamos: Conexão Zouk, no CCConexão, Tijuca; bailinho no Espaço X Stelinha Cardoso, no Centro; baile especial na academia do Bolacha, comemorando 3 anos de Cachanga do Malandro; baile especial na Casa D'España, comemorando o aniversário de Jaime Arôxa. No sábado, dia 28/04, o destaque é para a BandStatus no Helênico Clube, em Rio Comprido, e o baile de samba na Ac. Jimmy de Oliveira. Domingo, dia 29/04, começa a terceira versão do workshop O Samba e O Salão, organizado por Alex de Carvalho em sua academia de Vila da Penha, com grandes nomes desse ritmo. Três dias de aulas, de 10 às 17h, com almoço incluído e ingresso para os bailes à noite. Inf. 3391-7530 / 9769-4272.Já chegaram os roteiros de bailes de algumas bandas, para o mês de maio, que disponibilizarei brevemente aqui. Acompanhe sua banda favorita clicando no link correspondente, na coluna cinza à direita.…

Diversão

Como as mulheres se vêem no espelho.
Como os homens se vêem no espelho.

Meu retorno à academia... de ginástica... tem me deixado ligada nesses temas (rs).

Zouk: a dança, a música e o Campeonato Onda Zouk

Depois de dias lutando com meu PC, que sempre travava meu Windows Movie Maker, consegui compactar em um só vídeo as fotos (algumas das quais ilustram esta postagem) e clipes das apresentações da fase classificatória do I Campeonato Onda Zouk, realizada no dia 20/04. Aí descobri que o filme ficou com mais de 10 minutos, o que o YouTube não aceita. Portanto, resolvi dar um tempo na reedição e publicar aqui a matéria sobre o Campeonato, antes que fique com cheiro de mofo.

A dificuldade na montagem pareceu-me refletir a dificuldade que tive em acompanhar um campeonato de um ritmo com o qual não estou familiarizada.

Mas que eu fiz a lição de casa para poder compreender (um pouco) o que rolava na pista, ah, isso eu fiz sim!

Lição número um: lambazouk
Comecei relendo o artigo do Roberto e da Lana sobre as origens da Lambada, particularmente sobre a origem da Lambada-dança, que inspirou o modo de se dançar zouk aqui no Brasil. Em seguida, reli o texto de Chico Peltier em que este explica como no…

Aí vem mais um tijolaço!

Até devido à minha formação, estou acostumada a pesquisar, concluir, relatar. Em resumo, gosto de escrever. Muuuuuito. Quando tinha que desenvolver uma matéria para o Dance News e o espaço disponível era pouco, eu suava. Às vezes não me conformava em enfocar o assunto em uma edição apenas, devido à importância que achava que ele tinha para a dança, e à riqueza de material coletado. Isso explica porque criei seções fixas como "Dança na Mídia" e "Dança Esportiva", dentre outras. Bem, estou escrevendo isso e colocando essa charge aí do lado porque acabei de ordenar todo o material que recolhi para entender um pouco de zouk e acompanhar o Campeonato Onda Zouk. E tem muuuuuito o que falar! Seria uma pena deixar de reunir neste meu novo espaço as informações interessantíssimas que obtive nas minhas pesquisas e em conversas com professores e dançarinos de zouk. Ainda pra mais que neste blog tenho tooooodo o espaço do mundo, digo, da internet. Portanto, preparem…

Meu retorno à academia... de ginástica!

Hoje finalmente decidi pegar minha ficha da musculação e retomar minha rotina na academia de ginástica, após esses período de feriadões. No primeiro (Páscoa), comi sozinha meia dúzia de ovos de chocolate que ganhei. Entre este e o último feriadão, comi sozinha meia dúzia de ovos de chocolate que comprei na promoção pela metade do preço (assim não há quem resista!). Primeiro item na ficha: no mínimo 30 minutos de esteira para aquecimento. Vejam só como se senti!

Mensagem ao leitor

Olá pessoal,
Quero registrar aqui meus agradecimentos pelas visitas, pelos emails remetidos à minha caixa de entrada e pelos scraps no Orkut. Porém gostaria também que vocês registrassem suas impressões diretamente aqui no blog, clicando no link "deixar comentários", do livro de visitas da coluna fixa da direita (comentários gerais) ou clicando na palavra "comentários" abaixo de cada postagem.
Não deixem também de responder às duas enquetes que postei na coluna cinza à direita, para eu ter idéia do que abordar aqui neste blog (dos mais de 1.420 visitantes até agora somente 31 responderam à enquete...). Abraços a todos.

A dança na mídia - Parte IV

Minha última abordagem sobre a Dança dos Famosos foi dia 02/04, quando se encerrou a etapa da primeira fase, com a definição dos casais que, eliminados, se apresentariam no programa do dia 08/04 para a repescagem e continuidade da segunda fase eliminatória. Então, para quem não vem acompanhando o programa e para meus visitantes de outros países, segue o resumo do que aconteceu até agora.

A repescagem.
Continuando a novela, no programa seguinte, do dia 08/04, os quatro casais eliminados anteriormente se apresentaram para que fosse escolhido aquele que voltaria à competição. Competiram pela vaga, dançando rock, os casais: Mara Manzane Leandro Azevedo; Roberto Guilhermee Daiane Amêndola (foto acima); Ellen Jaboure Thiago Mendonça; e Carmo Dalla Vecchiae Adriana Mattos. O casal repescado foi Carmo Dalla Vecchia e Adriana Mattos, o que, a meu ver, corrigiu uma injustiça que eu já havia notado logo quando eles foram eliminados no início do programa (clique aqui para ver minha primeira postage…

I Campeonato Onda Zouk termina hoje

Aí estão algumas fotos do I Campeonato Onda Zouk que começou ontem no Olympico Club, em Copacabana. Foram 10 casais concorrentes, julgados por um juri composto por Ramonzinho, Mafie Zouk, Érico Rodrigo, Renata Peçanha, Verinha Prieto, Drika Junqueira, Alexandre Giorge e Luiz Fernando. Ivonete Liberato foi a jurada ausente. E durante as apresentações um dos dançarinos deslocou o ombro numa pegada e foi hospitalizado. Foram selecionados 5 casais para a finalíssima desta noite, que começará com baile de zouk às 22h. Nas fotos, a banca julgadora, o MC Anibal Feifer com Evando do Onda Zouk e os casais classificados (a última aparece sozinha porque seu par tinha ido ao... bem, tava sozinha na hora do clic). Estaremos lá hoje para conferir as finais mas de antemão adianto que os movimentos de lambada com passos aéreos estão tendo a preferência dos jurados. Atualização de postagem: Fiz também uma postagem com a pesquisa que fiz sobre zouk, a música e a dança. Está mais em cima, no dia 25/04. E …

Diversão

Teste encaminhado por minha amiga Tânia Franco, para nossa distração e avaliação quanto às condições de nosso cérebro! Consiste em achar um rosto masculino no meio do café. Marque o tempo que você levou para achar o rosto e avalie como está seu lado direito do cérebro. De acordo com experimentos médicos:Se você conseguir achar o homem em três segundos, o lado direito do seu cérebro é mais desenvolvido do que o de pessoas normais.Se você conseguir achar o homem em 1 minuto, o lado direito do seu cérebro é normalmente desenvolvido. Se você conseguir achar o homem em 1 a 3 minutos, o lado direito do seu cérebro está reagindo lentamente, e você deveria ingerir mais proteína. Se conseguir achar o homem depois de 3 minutos, o lado direito do seu cérebro é um desastre, extremamente lento, e a única sugestão é: assista a mais desenhos para ajudar a desenvolver o lado direito do seu cérebro!

Eventos cobertos por mim

Visto que o item "Cobertura de eventos" é o de menor votação na enquete publicada na coluna da direita, farei aqui apenas um índice dos eventos cobertos por mim e ainda não publicados nem no blog do DN, que parei de atualizar em 20/03 (http://leonordancenews.blogspot.com) devido à minha saída da equipe, nem no site do Dance News (www.dancenews.com.br) que ainda está fora do ar. Em outra postagem colocarei os links para as coberturas que fiz após minha saída do DN. As fotos estão hospedadas no site da Kodak e poderão ser salvas clicando-se com o botão direito do mouse. Depois em postarei aqui uma dica para salvar em seu computador os vídeos publicados no YouTube, aguarde.

Dia 02/02/07 - Aniversário de Celis Expedito (à direita da foto), comemorado no jantar dançante da Agytu's Produções, no Hotel Everest, em Ipanema, que acontece todas terças e quintas (ver dicas para dançar). Celis convocou os assíduos frequentadores a se vestirem à la belle époque, o que deu um bonito v…

Etiqueta

Quem é que vai pagar por isso?

Se o homem convidou a mulher para jantar pela primeira vez, ele paga. Não tem acordo. Se convidou a mulher para jantar pela segunda vez, paga de novo

Texto de Martha Medeiros, publicado na Revista O Globo de 25/03/2007
Foi com surpresa que me deparei outro dia com um costume que eu jurava que não existisse mais. Estava jantando num restaurante com meu namorado quando o garçom trouxe dois cardápio para a mesa. Ambos listando todos os pratos da casa, mas o meu, sem os preços.

Quem deve pagar a conta, afinal? Como se houvesse uma resposta única para uma questão tão complexa. Vamos resolver isso de uma vez por todas: no caso de ser apenas um casal de amigos, cada um paga a sua parte, a não ser que um queira fazer uma gentileza para o outro. O outro, elegantemente, retribuirá numa próxima vez.

Terminada a sessão amigos, vamos ao que interessa: encontros amorosos, sexuais ou matrimoniais. Queridas feministas, fiquem fora disso.

Se o homem convidou a mulher para jant…

Você dança zouk ou lambada?

Acredite: você dança lambada.
E pensa que está dançando zouk!

Por Roberto e Lana, de Belém do Pará*, em artigo publicado na ed. 79 do Dance News

A dança zouk é de origem africana, levada pelos escravos para as colônias francesas da América Central, principalmente para Martinica e Guadalupe. Como o ritmo ficou conhecido a partir daí, muitos pensam que é de origem francesa. Já no Brasil utilizamos a música zouk para dançar uma dança 100% brasileira, a lambada. Não a lambada original, é verdade, que era dançada, em seus tempos áureos, em andamento muito mais rápido que na música zouk. Com o tempo, e o declínio da moda da lambada, uma febre nos anos 80, seus movimentos foram adaptados para vários ritmos de andamento mais lento. Hoje em dia se dança lambada não só com música zouk mas também com hip hop, algumas músicas espanholas, reggae, algumas músicas árabes, etc. E não é só aqui no Brasil que isso acontece: os movimentos da lambada são executados em diversos países, principalmente na Eur…

Quem é Você

Falo hoje sobre Carlos Brito e Rosângela Brito, que há seis anos formaram o Duo Brasil Dance Produções, responsável pela realização de três grandes bailes anuais no Clube Vera Cruz, na Abolição: “Quem Vem, Dança”, em dezembro, “Amantes da Dança”, em setembro, e “Baile dos Arianos”, em abril – que este ano será amanhã, dia 15/04, com a Banda Paratodos.

Carioca, Carlos Brito fez dança de salão na escolinha do Império Serrano e na academia de Jaime Arôxa. Trabalhou com a Banda Brasil Show na parte de divulgação e como divulgador de vários bailes, dos quais, obviamente, é assíduo freqüentador. Em um desses bailes conheceu Rosângela, natural de Recife, que aqui passava as férias e fora levada ao baile por uma amiga. “Foi no baile do João Mendes, em Coelho Neto. Estava ainda engatinhando na dança de salão, era meu quarto ou quinto baile, e ele se dispôs a me treinar”. Rosangela retornou a Recife e voltou definitivamente para o Rio há cerca de 7 anos, quando se reencontraram no Aspom e estão …

Quem é Você

Continuando nosso trabalho de divulgação das figuras da dança de salão carioca, publicamos hoje a entrevista feita por mim com Conceição da Bahia, professora de dança de salão que neste domingo, dia 15, promove um grande baile no Clube Casa da Vila da Feira, na Tijuca, com a Banda Brasil Show, em comemoração ao primeiro aniversário de seu novo espaço de dança, localizado no sobrado da R. Barão de Mesquita 402-A, também na Tijuca.

Conceição da Bahia veio morar no Rio lá se vão mais de 30 anos, embora tenha orgulho de manter seu sotaque baiano, que lhe originou o apelido. Seu primeiro contato com a dança de salão carioca foi no Raio de Sol, com Anselmo Mazoni, maestro de Roberto Carlos, de quem é grande amiga e com quem trabalhou durante anos. Mas foi na Gafieira Estudantina que ela aprendeu mesmo a dançar. “Fui recebida de braços abertos por Maria Antonietta, minha primeira professora de dança”. Dança de salão, esclarece ela, pois dançar ela já dançava desde os 7 anos, no palco, em sua…

Tango: espetáculo Entretangos reestréia no Teatro Ipanema

Mais de 49 mil pessoas já se emocionaram com a Cia de Tango Nuevos Aires, com o espetáculo Entretangos, que passou por temporadas nos teatros Sesc, dos Quatro, Garden Hall, Municipal de Niterói e Teatro Ipanema, reestreando neste último sábado agora, dia 14/04. Com coreografias de Javier Amaya e Marcelo Martins, e participação de vários dançarinos/professores de tango do Rio de Janeiro, o espetáculo proporciona uma viagem no tempo com belas canções e lindas performances de tango. Eu acompanhei a trajetória desse espetáculo indo a várias estréias do mesmo, sempre com casas lotadas e público eclético e não somente ligado à comunidade da dança. O que vem a ser importantíssimo não só para mostrar o trabalho desses profissionais mas para, espera-se, estimular o ingresso de novos praticantes da dança a dois. Também filmei a belíssima apresentação única da cia no Teatro Municipal de Niterói em outubro do ano passado, cuja coleção de vídeos pode ser acessada clicando-se aqui. Claro que nem d…

Quem é Você, Luciana Santos

Amanhã, quinta, dia 12/04, a professora Luciana Santos comemora os 9 anos de seu espaço na Av. Franklin Roosevelt 137-10º andar, no Centro do Rio, com um grande baile naquele espaço, das 18 às 22h. Conciliando sua atividade como professora de dança e, já há alguns anos, distribuidora dos produtos da Herbalife, Luciana prepara uma noite especial com sorteios, brindes e jantar herbalife!

Um pouco afastada das badalações das pistas depois que assumiu sua segunda atividade, Luciana Santos me recebeu em sua casa (cujas paredes cheias de troféus, medalhas e moções me impressionaram) para contar um pouco sobre sua trajetória na dança de salão.

Corpinho de manequim, atividade que exerceu, Luciana sempre praticou esportes mas jamais pensara em aprender dança de salão. “Sempre fui de malhar, vivia em academias de ginástica, meu namorado era professor de educação física, mas quando uma amiga me levou a um baile no Carlinhos de Jesus, e eu vi a Rachel Mesquita dançar, fiquei encantada”. O namora…

Crônica: Sobre avó, dança e chuvas de verão

Minha avô era uma portuguesa austera que morreu aos 92 anos em 1996. Nessa época, de austera já tinha se transformado em criança, conquistando a simpatia de todos. Gostava de dançar nos almoços-dançantes das casas portuguesas. Onde, aliás, aprendi a gostar de dançar a dois, vendo aqueles casais de décadas de casamento bailando na pista, a família toda em volta – mas isso eu deixo para contar depois.

Voltando à minha avó, eu, como neta mais velha, era a incumbida de lhe dar assistência, levá-la aos médicos, tratar com as enfermeiras... e cuidar da sua terapia ocupacional. Dentre muitas formas de tentar fazê-la se movimentar, além da dança eu a levava até o terraço, mostrava-lhe o jardim e pedia-lhe para regá-lo, pois o sol quente do verão iria secá-lo. Ao que ela sempre resmungava, contrariada em ter que fazer aquele serviço: “- não precisa, Deus vai regá-lo”.

De fato, ao final da tarde lá vinha a pancada de chuva para refrescar o ar e lavar as calçadas, naquela época já tão maltratadas …