Curta nossa fanpage

Curta a página dos editores

Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

quinta-feira, 12 de abril de 2007

Quem é Você

Continuando nosso trabalho de divulgação das figuras da dança de salão carioca, publicamos hoje a entrevista feita por mim com Conceição da Bahia, professora de dança de salão que neste domingo, dia 15, promove um grande baile no Clube Casa da Vila da Feira, na Tijuca, com a Banda Brasil Show, em comemoração ao primeiro aniversário de seu novo espaço de dança, localizado no sobrado da R. Barão de Mesquita 402-A, também na Tijuca.

Conceição da Bahia veio morar no Rio lá se vão mais de 30 anos, embora tenha orgulho de manter seu sotaque baiano, que lhe originou o apelido. Seu primeiro contato com a dança de salão carioca foi no Raio de Sol, com Anselmo Mazoni, maestro de Roberto Carlos, de quem é grande amiga e com quem trabalhou durante anos. Mas foi na Gafieira Estudantina que ela aprendeu mesmo a dançar. “Fui recebida de braços abertos por Maria Antonietta, minha primeira professora de dança”. Dança de salão, esclarece ela, pois dançar ela já dançava desde os 7 anos, no palco, em sua cidade natal, Jequié. “Sempre fui muito extrovertida e participava de todas as festividades da cidade. Fiz jazz, dança moderna e ballet clássico. Fui baliza de desfile, miss da cidade, circense e atriz sindicalizada, atuando em peças na Bahia e no Rio”.

Assídua freqüentadora das gafieiras cariocas, Conceição não se imaginava, porém, dando aulas. Essa atividade, no entanto, veio por acaso. “Maria Antonietta, depois de algum tempo de aula, já comentava que eu daria uma excelente professora de dança. Como sempre fui muito solícita, as pessoas simpatizavam comigo e perguntavam se eu poderia lhes ensinar a dançar”.

E assim Conceição foi se especializando, fazendo aulas de jazz, dança do ventre, freqüentando workshops e congressos. Hoje, é comissária de arte do Sindicato dos Profissionais da Dança do Rio de Janeiro. Deu aulas em diversas academias e no Sesc-Tijuca, embora no início enfrentasse uma certa resistência na família. “Quando comecei, a dança de salão era muito associada à boemia, daí porque meu marido não gostava que seus amigos soubessem que eu praticava e dava aulas”.

Viúva e com os filhos encaminhados na vida, Conceição tem sua academia como terapia, procurando passar para seus alunos algo mais do que seqüências de passos. “Dou aulas trabalhando o corpo, a mente, a auto-estima, para todas as idades, sem preconceito e sem shows. Para mim, dançar é vida, dançar é saúde”, declara a professora, posando para nossa câmera com seus alunos (foto 2) e com os professores Oswaldo Miquéias (foto 3) e Magno Oliveira (foto 4).

Assista a seguir um pequeno trecho de uma aula da Conceição, filmado quando de nossa visita à sua academia para recolher material para esta matéria, também publicada na ed. 82 do Dance News. Mais informações sobre o baile deste domingo, nos tels. 2288-2087 / 9679-3628


Atualização de postagem:
Para acessar o photo-album no baile do dia 15/04, hospedado no site da kodak:
http://adobe.kodakgallery.com/I.jsp?c=6lnzmp11.1k20la5p&x=1&y=9zkr7u
Assista aqui ao compacto com as apresentações da noite.

E, aqui, ao compacto com os melhores momentos do baile, com animação da Banda Brasil Show. Se você se esbaldou na pista, você está aqui.

Fotografia, filmagem e montagem: Leonor Costa

Nenhum comentário:

Postagens populares