Pular para o conteúdo principal

Lançamento do Projeto Pixinguinha, saiba mais


A Fundação Nacional de Artes – Funarte apresenta o novo Projeto Pixinguinha, com um show de Moraes Moreira e do grupo A Cor do Som, entre outras atrações, no Teatro Dulcina (Cinelândia), no dia 26 de abril, quarta-feira, às 20h . O evento é somente para convidados.

Será também realizada uma coreografia especial, ao som de Carinhoso (de Pixinguinha), por Karen Mesquita e Cícero Gomes – do corpo de primeiros bailarinos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro -, coreografada por Regina Sauer. O evento, que terá como mestre de cerimônias a cantora e atriz Zezé Motta, será aberto pelo jovem grupo baiano Sertanilia. A apresentação de Moraes Moreira e A Cor do som rememora o show histórico que os dois fizeram em 1978, pelo Projeto Pixinguinha.

A programação de espetáculos do novo formato do projeto será realizada entre os meses de maio e novembro de 2017. Serão, no total, 60 espetáculos, distribuídos por todo o território nacional, em 60 cidades das cinco regiões do país. O relançamento do Projeto marca os 120 anos de nascimento do músico Pixinguinha.

Na noite de abertura estarão presentes os integrantes da comissão de curadoria que selecionará os espetáculos para as caravanas. São eles: o pesquisador musical e jornalista pernambucano José Teles; o músico e professor acadêmico Roberto Correia, de Brasília; e ainda os jornalistas e críticos musicais Antonio Carlos Miguel, do Rio de Janeiro, e Juarez Fonseca, do Rio Grande do Sul; além do músico paraense Pio Lobato.

Os espetáculos musicais e as caravanas

Para a nova versão do Pixinguinha serão selecionadas 15 duplas de músicos, que apresentarão quatro espetáculos cada uma, em turnê por quatro cidades de uma região determinada. A dupla será formada por um nome consagrado e por um artista mais novo. Este último poderá ter vínculo com a região onde ocorrerão os espetáculos. Os artistas serão definidos pelos curadores, em parceria com o Centro de Música da Funarte. A comissão vai-se reunir em maio, no Rio de Janeiro.

Para mais detalhes, acesse o site da Funarte AQUI

Fonte. Funarte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dançando na natureza: Pousada Faraó

Dia 31/05 fomos tomar café da manhã com Margarida Mittelbach, na Pousada A Marca do Faraó, em Cachoeiras de Macacu.





Uma promessa antiga agora cumprida, pois há muito a Margarida nos convida para conhecer as instalações de sua pousada, onde organiza trimestralmente um final de semana com oficinas de dança, bailes e atividades de lazer.








Realmente, um lugar aprazível, com lago com caiaque, lago para pesca, cachoeira, rios, boliche, sauna, jogos de mesa, enfim, toda uma infra-estrutura de pousada.











Mas, como estamos tratando com amantes da dança, todas essas opções de lazer eram supérfluas pois o que importava mesmo eram as aulas, em três ambientes distintos, onde se revezaram os professores Juarez (Itaguaí), Edu Cigano (Friburgo), Carlinhos (Jaime Arôxa Niterói), Valdeci de Souza e Jimmy de Oliveira.

A dança como inclusão social

Dia 5, sexta-feira passada, fomos convidados por Sheila Aquino para a pré-estréia do espetáculo "Ensaio Geral”, dirigido a familiares do elenco, imprensa e convidados especiais. A apresentação foi no Teatro do Espaço Criança Esperança, em Ipanema, e inspirou-me a fazer esta matéria especial sobre a impressionante estrutura do local e suas atividades dirigidas à comunidade.

Um local privilegiado
Erguido na encosta do morro do Cantagalo, o edifício que abriga o Espaço Criança Esperança (ECE) do Rio de Janeiro foi o outrora Panorama Palace Hotel, com entrada pela Rua Alberto de Campos 12. Com magnífica vista para a Lagoa Rodrigo de Freitas e seu entorno, o hotel possuía sete elevadores (hoje com três ainda em funcionamento), quadras, piscinas, salões e teatro.
Com o advento da Revolução Militar de 31/03/1964, os acionistas estrangeiros abadonaram o empreendimento e as dívidas com impostos estaduais e municipais foram aumentando, até que foi a leilão, em 1982. Quando Leonel Brizola foi …

Veja aqui o roteiro de bailes e eventos de julho/18, dos patrocinadores e apoiadores da ed. 130 do JFD

S E G U N D A S
Baile da Melhor Idade do Club Municipal Na Tijuca, todas as segundas, das 16 às 20h. Inf.: 2569-4822 Banda Sol e Mar no Mauá de São Gonçalo Dia 09/07, das 18 às 22h, comemorando o aniversário do prof. Genilton Muniz. Dançarinos de Apoio. Inf. 97353-8170.
T E R Ç A S
Baile da Conceição da Bahia Na Tijuca, Inf.: 2288-2087 / 9-9679-3628. Tijuca Tênis Clube Inf. (21) 3294-9300. Terça dançante da Gaúcha Toda terça, 20h, na churrascaria Gaúcha. Inf. 2558-2558. V. anúncio nesta edição. Baile do Studio de Dança Flávio Marques No Centro do Rio, toda terça, 12h. Inf. 2223-0530 / 9.9745-2305. Baile de tango no Studio Marquinhos Copacabana Às terças, 19h. Inf. 981-795-710.
Q U A R T A S
Quarta dançante na Gaúcha Toda quarta, 20h, na Churrascaria Gaúcha. V. anúncio nesta edição. Inf. 2558-2558. Dançando na Quarta Na Tijuca, Casa dos Poveiros. Inf. 2578-4361 / 7830-3009. Quartas Democráticas Na Lapa, toda quarta, no Clube dos Democráticos, forró ao vivo. Inf. 2252-4611. Baile dos Amigos da Dança, na Taq…