Pular para o conteúdo principal

Dia do Samba (02/12): proposta de flashmob virtual para chamar atenção para a data

Este ano, 2016, uma das principais expressões culturais brasileiras, o samba, completa 100 anos. Foi em 1916 que o músico e compositor carioca Donga criou a canção Pelo Telefone, considerada a precursora do gênero. Por ser um marco especial, o MinC divulga várias atividades internacionais para marcar essa cultura conhecida no mundo todo, com ápice no dia 2 de dezembro, quando se comemora o dia do samba. Mas o que o segmento da dança de salão planeja para a data?
Os casais de dançarinos Luiz Carlos e Natasha Lima e Arthur Araújo Gontijo e Aiste Kalabuchova Gontijo, o primeiro estabelecido no Rio e o segundo morando em Londres, estão organizando um flash mob virtual bem legal para comemorar a data. A ideia é colocar simultaneamente no Facebook vídeos com uma coreografia única, executada por grupos organizados em regiões participantes. Vale a pena conferir a proposta - e participar. 

Não há limite de pessoas, nível de dança ou fins lucrativos envolvidos. O video a ser postado é a de uma coreografia simples e de fácil execução, onde a filmagem pode acontecer tanto em lugares públicos como em pequenos eventos ou espaços. Há uma versão para casais e outra para quem quiser participar da brincadeira de maneira solo. A edição/padronização das filmagens estará a cargo dos organizadores Luiz Carlos, Natasha, Arthur e Aiste. Veja a explicação dos organizadores neste vídeo bilingue:
  • Leia abaixo a entrevista que Luiz Carlos e Natasha concederam ao Jornal Falando de Dança
  • Mais informações em www.internationalsambaday.com 
De quem foi a ideia e como surgiu? Foram vocês 4 que bolaram isso?
Durante os 3 anos consecutivos que nós (Luiz Carlos e Natasha) estamos indo para Europa, constatamos que o crescimento do samba permanecia lento, e já aflorava um desejo de organizarmos algum evento significativo para difundir o samba. Neste ano, durante uma das paradas da nossa IV Turnê Internacional (julho à agosto), em Paris (França), nos deparamos com o ensaio de dois grupos, que acontecia na beira do Rio Sena. Um grupo ensaiava para um Flash Mob de Zouk e o outro grupo, que era menor, uma coreografia de samba. Foi o que nos inspirou! Retornamos para nossa estadia naquela noite e, depois de algumas pesquisas, constatamos que ninguém havia organizado antes um Flash Mob de Samba em proporção internacional. O evento só começou a ganhar forma ao chegarmos em Londres (Inglaterra), e relatarmos nossa ideia para o casal de amigos e grandes profissionais Arthur e Aiste. Juntos planejamos tudo. Desde o nome até a estrutura organizacional do evento, Eles são os nossos anjos.

A chamada bilingue e o site estão super bem elaborados. Contaram com ajuda profissional para desenvolver o marketing?
Toda a estrutura organizacional, desde o site, inscrição dos coordenadores, designer e administrativo é organizado pelo que chamamos de Equipe ISD, que neste ano de 2016 é formado por nós (Luiz Carlos e Natasha) juntamente com o Arthur e a Aiste.

Quantas academias / profissionais de dança entraram em contato para abraçar a ideia? Ou vocês já tinham alinhavado isso com algum grupo de profissionais / academias?

Antes de lançarmos o evento ao público, havíamos preparado um lista de possíveis coordenadores que abraçariam o evento em nome do samba. Mas, para nossa surpresa, os mais de 20 países, 69 cidades e 76 times envolvidos até o momento, entraram em contato sem que precisássemos convidá-los formalmente, apenas com a divulgação pelo Facebook. Estamos muito felizes com a repercussão que o evento está tomando, e esperamos que mais e mais sambistas pelo mundo se unam neste grande dia!

Como foi acontecendo a adesão dos participantes?
O lançamento do evento foi no dia 23 de agosto de 2016 com um vídeo chamada bilíngue publicado no Facebook. A partir deste dia, os hoje coordenadores ISD e participantes começaram a conhecer o International Samba Day, e rapidamente a notícia se espalhou. Começamos a receber mensagens pela página do evento, site, e-mails. A adesão se dá com a inscrição dos coordenadores ISD (são os organizadores locais do Flash Mob espalhados pelo mundo) por e-mail. Cada coordenador(a) tem a função de ensaiar a coreografia, organizar o seu time e difundir o samba na sua cidade.

Quantos já se habilitaram a participar do evento?
Já são mais de 76 coordenadores, cada um deles tem o seu time de participantes. Por exemplo, em Florianópolis há um time que possui 27 casais. Não realizamos ainda a estatística de quantos participantes totais possui o evento, faremos isso um pouco mais para frente, já que ainda há times se inscrevendo.

Como será a divulgação simultânea do vídeo? A edição será feita por vocês?
No dia 2 dezembro de 2016 iremos causar o impacto de um Flash Mob através das redes sociais e comemorar o dia mundial e o centenário do Samba. Todos os envolvidos postando os vídeos e dançando a mesma coreografia em um único objeto: difundir o samba pelo mundo. Haverá os vídeos individualizados de cada time e ainda o vídeo oficial do evento, onde juntaremos momentos de cada time participante. Ou seja, cada coordenador terá não só o vídeo oficial do evento para compartilhar, mas também postará o seu vídeo na íntegra e personalizado pelo o evento. A Equipe ISD, nomes já citamos acima, será responsável por estas edições.

Pensam em transformar essa coreografia em um flash mob pela cidade do Rio, no dia do samba?

A filmagem do Flash Mob na cidade do Rio de Janeiro, acontecerá no dia 13 de novembro de 2016 às 13h, local a confirmar. Mais informações no e-mail ou site do evento: www.internationalsambaday.com internationalsambaday@gmail.com.

Já ouviram falar na Lei 3440/2000 (Semana da Dança de Salão do Estado do Rio de Janeiro)? 
Não muito. A única informação que acreditamos conhecer é que esta semana consta no calendário oficial no mês de novembro.

Quais seus planos a médio e longo prazo?
Esperamos que o International Samba Day recrute mais e mais sambistas, alçando nosso objeto principal: difundir o samba pelo mundo. Ainda estamos encerrando a agenda de viagens deste ano e fechando a agenda de 2017. Temos grandes idéias e projetos com o ISD para 2017 e para nossa carreira, mas precisamos nos concentrar e encerrar este primeiro momento, verificar tudo que ainda pode ser melhorado, para começar a trabalhar nas ideias futuras.

Att, Luiz Carlos e Natasha Lima (021) 97918-1991 / (021) 98090-9405
www.luizcarlosenatasha.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dançando na natureza: Pousada Faraó

Dia 31/05 fomos tomar café da manhã com Margarida Mittelbach, na Pousada A Marca do Faraó, em Cachoeiras de Macacu.





Uma promessa antiga agora cumprida, pois há muito a Margarida nos convida para conhecer as instalações de sua pousada, onde organiza trimestralmente um final de semana com oficinas de dança, bailes e atividades de lazer.








Realmente, um lugar aprazível, com lago com caiaque, lago para pesca, cachoeira, rios, boliche, sauna, jogos de mesa, enfim, toda uma infra-estrutura de pousada.











Mas, como estamos tratando com amantes da dança, todas essas opções de lazer eram supérfluas pois o que importava mesmo eram as aulas, em três ambientes distintos, onde se revezaram os professores Juarez (Itaguaí), Edu Cigano (Friburgo), Carlinhos (Jaime Arôxa Niterói), Valdeci de Souza e Jimmy de Oliveira.

A dança como inclusão social

Dia 5, sexta-feira passada, fomos convidados por Sheila Aquino para a pré-estréia do espetáculo "Ensaio Geral”, dirigido a familiares do elenco, imprensa e convidados especiais. A apresentação foi no Teatro do Espaço Criança Esperança, em Ipanema, e inspirou-me a fazer esta matéria especial sobre a impressionante estrutura do local e suas atividades dirigidas à comunidade.

Um local privilegiado
Erguido na encosta do morro do Cantagalo, o edifício que abriga o Espaço Criança Esperança (ECE) do Rio de Janeiro foi o outrora Panorama Palace Hotel, com entrada pela Rua Alberto de Campos 12. Com magnífica vista para a Lagoa Rodrigo de Freitas e seu entorno, o hotel possuía sete elevadores (hoje com três ainda em funcionamento), quadras, piscinas, salões e teatro.
Com o advento da Revolução Militar de 31/03/1964, os acionistas estrangeiros abadonaram o empreendimento e as dívidas com impostos estaduais e municipais foram aumentando, até que foi a leilão, em 1982. Quando Leonel Brizola foi …

Veja aqui o roteiro de bailes e eventos de julho/18, dos patrocinadores e apoiadores da ed. 130 do JFD

S E G U N D A S
Baile da Melhor Idade do Club Municipal Na Tijuca, todas as segundas, das 16 às 20h. Inf.: 2569-4822 Banda Sol e Mar no Mauá de São Gonçalo Dia 09/07, das 18 às 22h, comemorando o aniversário do prof. Genilton Muniz. Dançarinos de Apoio. Inf. 97353-8170.
T E R Ç A S
Baile da Conceição da Bahia Na Tijuca, Inf.: 2288-2087 / 9-9679-3628. Tijuca Tênis Clube Inf. (21) 3294-9300. Terça dançante da Gaúcha Toda terça, 20h, na churrascaria Gaúcha. Inf. 2558-2558. V. anúncio nesta edição. Baile do Studio de Dança Flávio Marques No Centro do Rio, toda terça, 12h. Inf. 2223-0530 / 9.9745-2305. Baile de tango no Studio Marquinhos Copacabana Às terças, 19h. Inf. 981-795-710.
Q U A R T A S
Quarta dançante na Gaúcha Toda quarta, 20h, na Churrascaria Gaúcha. V. anúncio nesta edição. Inf. 2558-2558. Dançando na Quarta Na Tijuca, Casa dos Poveiros. Inf. 2578-4361 / 7830-3009. Quartas Democráticas Na Lapa, toda quarta, no Clube dos Democráticos, forró ao vivo. Inf. 2252-4611. Baile dos Amigos da Dança, na Taq…