Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

segunda-feira, 29 de julho de 2013

I Encontro de Pesquisa: Processos Têxteis para o Corpo em Movimento


O SENAI CETIQ e a Secretaria Municipal de Cultura convidam os artistas, bailarinos, criadores e pesquisadores da área da dança para a I Encontro de Pesquisa: Processos Têxteis para o Corpo em Movimento, realizado entre os dias 30 de julho a 02 de agosto, no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro.

O evento, criado a partir da parceria com o Curso de Tecnologia em Produção de Vestuário e de Bacharelado em Artes, Figurino e Indumentária do SENAI CETIQ, propõem uma troca de experiências entre artistas, criadores e bailarinos da área da dança e técnicos e especialistas em moda, para a investigação das tramas, tecidos e figurinos criados e utilizados na composição de uma performance de dança, levantando suas possibilidades, suas funções e suas inovações. 

Trata-se de um encontro no qual serão levantadas e discutidas as experiências sobre as demandas e as soluções que existem na conceituação do uso de um figurino para a dança, tanto pelo lado conceitual de sua utilização em um espetáculo, quanto na sua função prática no dia a dia do bailarino.

Conheça as diversas possibilidades tecnológicas na criação de tecidos e figurinos específicos para as demandas da dança e do corpo em movimento!

Público-alvo: criadores, coreógrafos, bailarinos e técnicos na área da dança e técnicos na criação e desenvolvimento de figurino.

Faça sua inscrição AQUI

Veja a seguir a programação completa

Dia 30 – Terça Feira

10h - Apresentação da proposta:

Sendo o primeiro contato com o grupo, acredito que aqui seja necessário ouvir:

- Depoimento de artistas e bailarinos sobre as pesquisas e trabalhos que estão desenvolvendo. Apresentação de suas partituras corporais, ainda sem interferência.


11h30min - Palestra demonstração, Professora Rosa Marly, draping e criação de formas para corpos que se movimentam;

12h30 – Intervalo para almoço.

14h30min – Segundo movimento:

Professores e alunos do Senai reúnem-se para preparar material para intervenção. Será necessário dispor de tecidos com caimentos e pesos variados. Sugiro trabalhar com tecidos em branco.

Partindo de exercícios livres de composição e construção de formas, bailarinos residentes, professores e alunos constroem pequenas partituras corporais e estudam as relações entre formas, vestibilidade e movimentos.

17h – Terceiro - Os grupos de trabalho da manhã relatam suas experiências e conclusões preliminares. Abre-se para debate;

- Os grupos de trabalho da manhã relatam suas experiências e conclusões preliminares. Abre-se para debate;

Grupos de trabalho mistos investigam os problemas de maior interesse surgidos nos movimentos segundo e terceiro;

19h30min – Quarto movimento: Conclusões finais, primeiro dia.

Dia 31 – Quarta Feira

10h - Quinto movimento: Leitura de relatório do primeiro dia. Os participantes discutem os relatos e decidem as linhas de trabalho, do dia.

11h – Sexto movimento: - Artistas e bailarinos selecionam trechos de vídeos de trabalhos anteriores e de outros coreógrafos para alimentar a criação de propostas. Formam-se grupos de trabalho mistos, para dar sequência às investigações levantadas no primeiro dia.

15h – Sétimo movimento: Partindo de uma proposição a ser apresentada somente na hora, os grupos de trabalho devem unir trabalho coreográfico e construção de formas num produto experimental que discuta as relações entre figurino e corpos em movimento; para isso teremos disponíveis máquinas de costura e mesas de modelagem;

17h – Oitavo movimento: Palestra sobre cor, luz e forma. Professores Paloma Carvalho, Manoel Friques e João Cícero Bezerra;

18h – Nono movimento - grupos de trabalho mistos dão continuidade às experimentações iniciadas no oitavo movimento, incluindo o problema da cor e do espaço cênico;

Dia 01 - Quinta Feira

10h – Décimo movimento: Palestra Professor Ney Madeira sobre processo de criação de figurino para dança;

11h30min – Décimo primeiro movimento: Formam-se grupos de trabalho para livre experimentação de linguagens, formas, movimentos e construção de figurinos para corpos em movimento;

Os movimentos seguintes se desdobrarão dos movimentos anteriores, a ideia é criar um processo de criação colaborativo que favoreça o trânsito de bailarinos, bem como de figurinistas e tecnólogos em produção de vestuário, de um grupo de trabalho ao outro, diluindo as fronteiras de autoria e intensificando os sistemas de troca e compartilhamento das competências.

12H30min – Intervalo para almoço;

14H30min – Retomada do trabalho;

19h30min – Conclusões dos dias 31 e 01.

Dia 02 – Sexta Feira

10h – Leitura e discussão dos relatórios

11h - Penúltimo movimento: Finalização dos produtos;

12H30min – Intervalo para almoço;

14H30min – Retomada do trabalho;

17h – Movimento final: apresentação final dos produtos;

19H30min - apresentação das impressões gerais sobre o processo e da proposta de formação de um grupo permanente de estudos sobre figurino para dança.

Nenhum comentário:

Postagens populares