Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

quinta-feira, 14 de março de 2013

Leia aqui o edital da edição de março do JFD: "Choque de realidade após Carnaval"


Depois da "ressaca" do Carnaval, em que a comunidade da dança de salão se dividiu entre repouso, folia e trabalhos coreográficos para os festejos de Momo, o ano finalmente começou de fato para os produtores culturais e diretores de academia. Infelizmente, com o pé esquerdo.

O triste episódio do incêndio na boate Kiss (Santa Maria, RS) se, por um lado, lançou holofotes nas condições de insegurança de muitos locais de grande frequência de público, por outro lado, pegou desprevenidos aqueles que já estavam acostumados com o "jeitinho" carioca de ir levando a vida. 

Em consequência, muita programação dançante teve que ser cancelada após o Carnaval, ou remanejada às pressas para outros locais. 

Para aqueles que realizam espetáculos, bailes e outros conteúdos artísticos, isso muitas vezes representou perda de investimento, lucros cessantes e, na melhor das hipóteses, gastos adicionais com remanejamento ou adaptação de espaços.

Este é o tema principal desta edição, abordando a preocupação de uma parcela de nossos produtores culturais e profissionais da dança com o fechamento dos espaços públicos, que evidenciou um problema sério de sucateamento dos locais destinados a manifestações culturais.

O foco principal na mídia está sendo o fechamento de teatros e casas de shows, mas em nosso segmento cultural sabemos que há muito tempo clubes onde são promovidos bailes regulares - e até algumas academias e quadras de lazer - carecem de manutenção e adaptação às normas técnicas e de segurança para atendimento ao público.

Torçamos para que esse susto inicial gere uma conscientização por parte dos diretores de clubes de que algo precisa ser feito para melhorar as condições ambientais e até sanitárias de seus estabelecimentos. E que os frequentadores desses locais e produtores culturais não fechem os olhos para o estado de abandono que observamos. Afinal, são nossas vidas em jogo.

Mas, como notícias de nosso segmento e entretenimento são os principais focos deste informativo cultural, não falamos só de política neste número. Já na capa, destacamos o início do ciclo de workshops e congressos, como o do Marquinhos do Forró. E fazemos justa homenagem aos primeiros colocados nas três categorias do concurso virtual de fantasias do Jornal Falando de Dança. Este ano a participação foi muito maior, o que nos anima a planejar algo mais elaborado para o próximo ano, como uma ala personalizada no bloco Alegria Sem Ressaca e um desfile de fantasias.

Outro destaque de capa é o anúncio da comemoração do Dia do Dançarino 2013 e a terceira edição do Prêmio Cultura da Dança de Salão, ambos confirmados para acontecer no próprio dia da efeméride, 21 de julho.

Na seção "fique por dentro" os leitores encontram "pílulas" de informações diversas, desde a performance dos professores de dança de salão no Carnaval até os próximos grandes eventos de dança de salão, passando por dicas culturais fora da nossa seara. E, claro, muitas indicações de onde aprender e dançar a dois. Porque dançar é muito bom!

_______________

Leonor Costa é editora do JFD

Nenhum comentário:

Postagens populares