Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Argentina II

Caravana de brasileiros em Festival de Lindy Hop

Conforme tivemos oportunidade de abordar em edições passadas, o Lindy está “voltando à moda” em diversos países, sobretudo europeus e asiáticos – fora sua terra natal, os EUA.
.
Reflexo disso é a realização de workshops e festivais, como o que aconteceu na Argentina, pelo segundo ano consecutivo.
.
O II Lindy Hop Argentina International Festival ocorreu nos dias 14, 15 e 16/12 em Buenos Aires.
.
Uma caravana de brasileiro foi até lá participar do evento. Dentre eles, a profª Flávia Monteiro, que nos remeteu um relato da viagem.

“Nos dias 14, 15 e 16 de dezembro, ocorreu, em Buenos Aires, o 2º Lindy Hop Argentina International Festival (LHAIF). Foram 2 dias e 3 noites de bailes, cursos de dança e muita social.
.
O festival começou na 6ª à noite com um baile animado por uma orquestra seguida de um DJ e um aulão de Shim Sham, uma coreografia tradicional utilizando passos de Authentic Jazz (Jazz no estilo dos anos 30) muito popular nos EUA. É uma coreografia individual que termina em pares bailando o Lindy Hop.
.
Os brasileiros estavam bem representados, eram 7 pessoas ao todo vindas do Brasil: os professores cariocas Flávia Monteiro de Castro e Charles Stuart Di Maria, mais Adriana Vivacqua, Roberto Queiroz, Edu Vilamaior (baixista da banda rockabilly Canastra) e sua namorada Ana Cristina Bandarra e o professor Tan Huyhn, que está morando em São Paulo.
.
Eles tiveram aulas de Lindy Hop e estilos associados, como Balboa, boogie woogie, charleston e authentic jazz, com professores de renome internacional.
.
Estavam presentes: Lennart Westerlund e Frida Segerdahl (veja ao final vídeo com ela), Catrine Ljunggren e Elliott Donnelley, Kevin St. Laurent (vídeo ao final) e Emily Hoffberg (campeões Americanos de Lindy Hop em 2007, entre outros prêmios), Burnie Gipson (especialista em balboa), Henric Stillman e Joanna Eriksson (campeões mundiais de Lindy Hop e Rock&Roll em 2007) e Calle Johansson e Jodi Fleischman.
.
Além disso, foram oferecidas aulas de tango para principiantes com professores locais.
.
As aulas foram intensivas, com diversos passos e variações sendo oferecidos pelos professores.

.
Três grandes orquestras animaram as noites de sexta, sábado e domingo, quando também foi realizado um concurso “Jack and Jill”, onde pares são sorteados e a habilidade de condução e dança a dois é medida. Flávia ficou em 5º dançando com Pablo, um argentino de 15 anos!
.
Fora as bandas, os professores fizeram apresentações, assim como outros grupos locais. Flávia e Roberto fizeram uma apresentação de samba que agradou bastante à platéia.
.
O destaque ficou com Ana e Edu, que com certeza eram os mais bem vestidos do festival, no estilo retrô completo.
.
Seguindo uma tradição Lindy Hopper, os participantes locais abriram suas casas para hospedar visitantes de fora. Adriana, Charles e Tan se beneficiaram desta situação, que é uma experiência enriquecedora na medida em que promove a integração entre os grupos e permite que se conheça um pouco melhor a vida local, segundo o ponto de vista local.
.
Os brasileiros aproveitaram para aperfeiçoar sua dança, aprender passos e estilos novos e fazer amizade com os Argentinos.
.
A comunidade Argentina é grande e conta com mais de 200 Lindy Hoppers que vêm promovendo o swing durante os últimos oito anos. No festival eram aproximadamente 100 pessoas inscritas para as aulas, mais as que vieram apenas à noite para os bailes. Além dos Argentinos e Brasileiros, havia americanos e suecos participando do festival, contribuindo para uma atmosfera internacional. Os professores estavam presentes nos bailes e dançaram com todos.
.
Diversos professores e alunos (argentinos e de outros países) expressaram curiosidade sobre o Lindy Hop no Rio, se havia onde ir dançar, e disseram que gostariam de vir ao Rio, para visitar e dar aulas.
.
De forma geral, todos saíram com sensação de ter aprendido muito, feito novos amigos e ficaram animados com a dança e com as perspectivas de aprender e dançar mais. Outros que não foram este ano já estão com planos para ir no ano que vem".

Atualização de postagem em 02/01/08: mais duas fotos do evento, encaminhadas por outros participantes.


Veja mais:
  • http://www.lhaif.com.ar/ – Site do Lindy Hop Argentina International Festival
  • http://www.happy-feet.com.ar/ – Site da comunidade de swing/Lindy Hop Argentina
  • Competição Jack and Jill do Festival, parte III, com
    com Agustina Tolosa, Discovery, Rodrigo, Ingrid, Mariel, Sebas, Pablito, Flavia, etc (Flávia e Pablito são o casal nº 20).
  • Aqui um showcase com o prof. Kevin St. Laurent e Emily Hoffberg

  • Aqui um showcase com a professora Frida Segerdahl e Skye Humphries


    Fotos, de cima para baixo: (1) Frida Segerdah e Lennart Westerlund com Flávia, Adriana e Roberto; (2) caravana de brasileiros; (3) Juani (prof. argentino), Charles e Frida; (4) Edu e Ana; (5) caravana; (6)(7)fotos dos participantes em geral.

Nenhum comentário:

Postagens populares