Curta nossa fanpage

Curta a página dos editores

Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Quem é você: D'Black

A primeira vez que ouvi falar de D’Black foi quando perguntei quem era aquele jovem que estava cantando no evento da Amearte Produções, de meu amigo e fotógrafo André Lima. Isso foi em 2006. André estava formando sua turma de modelos infantis e havia convidado algumas atrações especiais para o evento, realizado no Teatro do CEDIM, no Centro do Rio. Impressionou-me a forma com que o cantor interagiu com a platéia e o fato de as crianças e pré-adolescentes ali presentes acompanharem a letra da canção e rodearem o cantor logo após. E fiquei ainda mais surpresa quando o cantor, desafiado por André Lima a dançar com Fernanda Leitão, dançarina de salão há 9 anos, se revelou no palco, dançando samba de gafieira com passos super elaborados, com direito a cadeirinha e cabide.

Farejando uma boa matéria para o Dance News, do qual era editora à época, procurei o cantor para uma entrevista a respeito de sua dança e fiz novas descobertas. “Fiz dança de salão por 10 anos e larguei a dança para investir na carreira de cantor. Danço e canto desde criança. Aos dez anos cantava em um coral. Aos quinze, formei uma banda com amigos. Fiz canto e piano na Escola de Música Villas-Lobos. Dança de salão eu aprendi com João Piccoli, sobrinho da Maria Antonietta, em Jacarepaguá.”

Carioca de Jacarepaguá, Vinicius Cardoso, que adotou o nome artístico de D’Black, tem hoje 22 anos e, além de cantor, compositor e profissional da dança, é também ator, tendo atuado no musical “Maré, Nossa História de Amor”, de Lúcia Murath (história que faz um paralelo entre “Romeu e Julieta” e a vida na favela carioca).

Fazendo carreira como cantor, D’Black participou do programa Pop Star, do SBT, tendo ficado entre os vinte finalistas, dentre cerca de uma centena de concorrentes. Em 2005 participou do Fama, da Globo, mas não teve colocação. Foi quando lançou seu CD solo, com a faixa Fora do Ar que, remixada para tecno-beat, foi muito executada na FM O Dia. Outra faixa de seu CD, o samba Sou Brasileiro, por sinal destaque, em seu lançamento, na Nativa FM, foi igualmente muito tocada nos bailes de dança de salão. E foi base para algumas coreografias de cias de dança. Já a música Sem Ar, desse mesmo CD, foi remixada em ritmo de zouk e é tocada em baladas como as do Guapo Loco e em bailes de forró que têm cortina de zouk. Essa versão, aliás, foi executada durante o Congresso de Zouk de Brasília, no ano de seu lançamento.

Sempre trabalhando sua carreira de cantor, D’Black prepara-se agora para um momento histórico em seu currículo: o cantor e compositor Jorge Aragão, que o descobriu na Internet ao ouvir sua música Sem Ar, convidou-o para participar de seu show no Canecão, sábado agora, dia 04.

Quanto à dança de salão, ela está relegada, por razões óbvias, a segundo plano, embora tenha uma legião de fãs nessa tribo, com a qual mantém estreito contato, especialmente quando se apresenta em locais dançantes como o Guapo ou o CDAC, onde deu canja no baile de comemoração dos 3 anos da academia de Alex de Carvalho (veja o vídeo ao final desta postagem). Afinal, quem foi da dança... Isso me lembra sua declaração quando lhe perguntei ao final da entrevista como tinha sido a experiência de voltar a dançar no palco após algum tempo sem praticar. “Foi emocionante, ser chamado para dançar de improviso e conseguir desenvolver os passos com uma parceira com a qual nunca dancei. Para aqueles que não conhecem a dança de salão eu sempre digo que é uma arte maravilhosa, que todos deveriam aprender”.

Quer mais?

Meus pés não tocam mais o chão / Meus olhos não veêm minha direção / Da minha boca saem coisas sem sentido / Você era meu farol e hoje estou perdido / O sofrimento vem à noite sem pudor / Somente o sono ameniza minha dor / Mas e depois? E quando o dia clarear? / Quero viver do teu sorriso teu olhar / Eu corro pro mar pra não lembrar você / E o vento me traz o que eu quero esquecer / Entre os soluços do meu choro eu tento te explicar / Nos teus braços é o meu lugar / Contemplando as estrelas minha solidão / Aperta forte o peito é mais que uma emoção / Esqueci do meu orgulho pra você voltar / Permaneço sem amor, sem luz, sem ar / Perdi o jogo, tive que te ver partir / E minha alma sem motivo para existir / Já não suporto esse vazio quero me entregar / Ter você pra nunca mais nos separar / Você é o encaixe perfeito do meu coração / O seu sorriso é a chama da minha paixão / Mas é fria a madrugada sem você aqui / Só com você no pensamento / Eu corro pro mar....
Fotos divulgação fornecidas por Ludmila Fonseca

2 comentários:

Camila disse...

Oiiiii!
Nossa, o site está suuuuuper lindo.
As reportagens estão super legaais, amei as informações sobre o Vinicius Cardoso (D'Black).
Contiinuem assim que o site cai looonge, PERFEEITO.
Será que seria possível vocês postarem o video dele dançando com Fernanda Leitão, no desafio imposto por André Lima?

Obrigada, beijos.

lo disse...

Nova musica do D'black Acessem aiiiii
http://www.youtube.com/watch?v=pmIA25vrVWM

Postagens populares