Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Exposição MODOS DE VESTIR NA BELLE ÉPOQUE CARIOCA, no museu Casa de Rui Barbosa, permite vislumbrar o dia-a-dia de uma família de posses no início do século 20




Termina dia 08/11 uma exposição interessantíssima para quem gosta de se sentir no "túnel do tempo". Trata-se de projeto da Fundação Casa de Rui Barbosa realizado em conjunto com o SENAI CETIQT, do qual participaram os alunos das disciplinas de adereços ênicos; indumentária brasileira; artes cênicas; métodos e processos em figurino e indumentária; draping; cenografia e iluminação aplicada; habilitação em figurino e indumentária





Visitando-se os ambientes do museu-casa Rui Barbosa, mergulha-se na atmosfera do que foi viver na bellet époque carioca (início do século 20), apreciando-se os amplos cômodos da residência do diplomata e político ao mesmo tempo em que se aprecia os trajes de época, acessórios e penteados montados em manequins de figuras femininas, masculinas e infantis.




Para quem não puder comparecer para ver de perto, fica aqui o registro da visita da equipe do Jornal Falando de Dança ao local, com fotos de Leonor Costa.


Sobre o projeto




A intervenção "Modos de vestir na Belle époque carioca" tem a intenção de apresentar a diversidade das formas adotadas pelo vestuário de moda entre os anos 1900 e 1914 no Rio de Janeiro







Para povoar os diferentes ambientes do Museu Casa de Rui Barbosa, foram imaginados personagens com índole, caráter social e localização temporal próprios, em situações forjadas como ensaios de figurino, realizados por professores e alunos dos cursos de bacharelado em Artes Visuais (Habilitação em Figurino e Indumentária) e de Tecnologia em Produção de Vestuário da Faculdade SENAI/CETIQT.




Ao longo do percurso expositivo, diferentes modalidades da prática do figurino podem ser apreciadas.




Na área íntima estão expostas peças com caráter naturalista, confeccionadas com tecidos semelhantes aos usados no início do século 20, em um proposta mais próxima dos produtos audiovisuais.




Nas áreas social e de trabalho, a vertence é mais autoral e alegórica, com roupas construídas exclusivamente em papel.




A área final, composta pela sala de jantar, sala de almoço e área de serviço, abriga figurinos criados sob a ótica da criação teatral, inspirados na peça A capital federal, de Arthur Azevedo




O porão acolhe uma mostra dos processos de pesquisa, concepção e desenvolvimento das peças criadas especialmente para esta exposição, em registros visuais e textos que explicam as etapas e as diferentes dimensões do figurino.




"Modos de vestir na belle époque carioca" apresenta trajes masculinos, femininos e infantis que dialogam com o espaço em que estão dispostos, tanto no sentido estético quanto no funcional.




A decoração e o uso de cada cômodo se refletem no corte, nas formas, nas cores e nos materiais das peças expostas, demonstrando as principais influências do período em relação às escolhas estéticas e comportamentais da sociedade carioca.

  • Para conhecer o interior e os jardins da Casa de Rui Barbosa, as explicações de cada ambiente e da exposição, acesse o álbum legendado no Picasa, AQUI 
  • Seja um seguidor desta página e recebe diretamente em seu e-mail as atualizações de postagens com estas e outras dicas de passeios e bailes.
  • Visite também e "curta" nossa página oficial no face AQUI 


Fonte. folder da exposição 

Nenhum comentário:

Postagens populares