Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Notícias de Belém do Pará

Campeonato de Brega foi a grande novidade de novembro

Por Roberto e Lana, correspondentes do Jornal Falando de Dança

O primeiro campeonato de dança de salão do Pará, que aconteceu nos dias 10 e 11 de novembro, levou professores, dançarinos, alunos e simpatizantes da dança de salão ao ‘São José Liberto’, para uma noite de festa.

O ponto alto da competição foi a disputa na modalidade Brega, dança muito popular aqui no Estado.

Em entrevista para o Falando de Dança, os coordenadores do Campeonato, Juninho e Tereza Cruz (foto à direita), esclareceram porque incluíram o brega como modalidade competitiva, dentre outros assuntos.

Leia abaixo a entrevista.

Por que fazer um campeonato estilo europeu?
Possuímos hoje no Pará grandes eventos que representam bem a dança, inclusive a dança de salão. Contudo, imaginamos que se realizássemos um campeonato onde fosse valorizado o improviso, estaríamos abrangendo ainda mais a possibilidade de participação. E para estender ainda mais essa participação, criamos uma categoria só para alunos, mostrando a todos que a dança de salão é para todos, indiscriminadamente.
Colocar uma modalidade de brega separado da dança de salão teve uma razão especial?
SIM. Apesar de sabermos que aqui o brega é ensinado junto com os outros ritmos, quisemos separá-lo para lhe dar destaque; pois acreditamos em sua força e em sua representatividade. Ou seja, a intenção foi de enaltecer e não de discriminar.
Como vocês enxergam o brega?
Acreditamos que o brega inserido em eventos dessa natureza, sendo mostrando de uma forma benéfica e saudável, estará criando não só um atrativo turístico como também viabilizando a procura de outros estados por esse segmento de nossa cultura. Pois, o brega é um dos elementos que melhor representam a energia e a alegria do nosso povo.
Como foi a escolha do corpo de jurados?
A escolha foi criteriosa, pois tínhamos que ter o cuidado de convidar profissionais gabaritados para avaliar e que não tivessem nenhum envolvimento com os participantes do campeonato.
Financeiramente não teria sido mais interessante cobrar entrada do que fazer entrada franca?
SIM. Mas, queríamos que todos pudessem ver como seria, já que se tratava do primeiro. E deu certo, pois foram computadas mais de mil pessoas no evento. Outra intenção também era de estimular pessoas que não fazem dança de salão a começar a praticar a modalidade. Por isso durante o evento lemos textos falando sobre os ritmos a serem dançados e poesias reverenciando a dança de salão.
Vocês acreditam ter atingido objetivo do evento?
SIM. Porque queríamos que os participantes saíssem com sentimento de que participaram de um evento bonito, organizado e sério; e que aqueles que não participaram saíssem estimulados a entrar no próximo. E pelo feedback que recebemos isso aconteceu.
O próximo CDASP já tem data?
Dias 17 e 18 de maio de 2008.

fotos: De cima para baixo, flagrante do campeonato de Brega (acervo Roberto e Lana); os entrevistados, Juninho e Tereza (acervo Juninho e Tereza); os campeões na categoria Brega (acervo de Roberto e Lana).
  • Leia mais sobre o Campeonato de Dança de Salão do Pará e sobre o Brega AQUI.
  • Seguem as fotos dos classificados nas três categorias da competição: dança de salão/aluno; dança de salão/profissional; brega.

Nonato e parceira, primeiros colocados categoria aluno


Neto e Viviane, segundos colocados categoria aluno

Sidnei e parceira, primeiros colocados categoria profissional

Leonardo e sua parceira, categoria profissional

Flávio e parceira, primeiros colocados categoria brega

Antonio e Joelma, segundos colocados categoria brega

Nenhum comentário:

Postagens populares