Curta nossa fanpage

Curta a página dos editores

Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Argentina

Professores brasileiros recebem prêmio internacional na Argentina

Adriana D’Acri e Luís Florião foram os ganhadores, na categoria dança internacional, do prêmio “Sol de Ouro”, institucionalizado pelo Ministério de Cultura Y Educación – Subsecretaria de Cultura de la Província de Misiones - Argentina.
.
A homenagem representa o reconhecimento pelo trabalho que vem sendo desenvolvido pela dupla, na divulgação, intercâmbio e profissionalização da dança de salão em âmbito nacional e internacional.
.
Organizado pela Guaynamérica Danza, que tem como diretora Marisil Ceccarini, o “Sol de Ouro” – prêmios e distinções é concedido há 22 anos para profissionais e instituições pela qualidade artística, defesa de identidade, consciência solidária a serviço do bem comum nas categorias dança-teatro, teatro de revista, música, gestão cultural estatal, imprensa escrita (sociedade); imprensa radial (cultural) e ecologia.
.
Tendo júri composto de personalidades da comunidade artística, educativa e científica da região misionera, “O Sol” consolida as relações culturais do Mercosul, valorizando as bases artísticas de países vizinhos, que têm, basicamente, as mesmas raízes.
.
Adriana e Florião são dançarinos e professores de dança de salão, com uma trajetória de mais de quinze anos, destacando-se por trabalharem fortemente na difusão e nos processos de reconhecimento e formalização da dança de salão.
.
São os fundadores e Luis é o atual presidente da Andanças – Associação Nacional de Danças de Salão, instituição sem fins lucrativos que visa à união, fortalecimento e reconhecimento dos profissionais de dança.
Proprietários, juntamente com Marcelo Ferreira, da Escola Sindicato da Dança, ampliaram seu campo de atuação ao editarem o jornal Dança, Arte & Ação, publicação especializada, com distribuição nacional e que trazia como proposta garantir espaço para todas as modalidades e vertentes da dança.
.
Além desse histórico, muito contribuiu para a indicação à premiação, a idealização e produção dos projetos “Brasil a Dois” – evento que unia em grande mobilização, durante toda uma semana e em todo o país, profissionais e escolas para informar e divulgar a dança de salão; e o Br Danças – Congresso Internacional de Danças Brasileiras que já segue para a 4a edição reunindo, no Rio de Janeiro, para intercâmbio e aprendizagem, profissionais e amadores que atuam com nossas danças.
.
A comenda homenageia o escritor argentino Ernesto Sábato, e é dele a frase que acreditamos resume o espírito do “Sol de Ouro” e a definição da trajetória de Adriana D’Acri e Luís Florião em sua luta constante pela dança: “Hay una manera de contribuir a la protección de la humanidad, Y es no resignarse”. *

* Há uma maneira de contribuir para a proteção da humanindade, e é não resignar-se”

Por Lucia D´Acri

Nenhum comentário:

Postagens populares