Curta nossa fanpage

Curta a página dos editores

Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Hoje: Blas Rivera na Sala Baden Powell, Copacabana

O saxofonista argentino Blas Rivera fará uma apresentação ao lado do violoncelista David Chew, do pianista Fernando Goicoechea e do bandoneonista Martín Mirol, na Sala Baden Powell, hoje, sexta-feira, 15 de abril, às 20h.  O repertório apresentará uma fusão de tango, jazz e clássico, com músicas do próprio Blas Rivera somadas às composições de Astor Piazzolla.
Para quem ainda não viu, segue a entrevista que Blas Rivera deu ao Jô Soares, com participação especial de Paulo Araújo e Laure.

Ficha técnica:
BLAS RIVERA: saxofonista e compositor argentino, viveu 15 anos no Brasil e vem emocionando o público da América, Asia e Europa, com suas performances musicais que misturam tango, clássico e jazz, herança da cultura musical de Astor Piazzolla. Blas compôs música para cinema e televisão, é professor de saxofone e improvisação na universidade de Madrid onde forma novos talentos e lidera uma big band de 20 saxofonistas.
DAVID CHEW: violoncenlista inglês radicado no Rio de Janeiro, apaixonado pela música brasileira, promove o intercâmbio e a quebra de barreiras entre os diversos gêneros musicais. Fundador e diretor
artístico do International Cello Encounter, Spalla da OSB e do Quarteto da UFF, recentemente foi condecorado pela Rainha da Inglaterra pelo importante trabalho que vem desenvolvendo na área
musical.
FERNANDO GOICOECHEA: Pianista, compositor e arranjador uruguaio. Tem cinco discos gravados além de composições para dança, teatro e cinema. É um dos criadores do Festival TangoJazz em San Miguel (Mexico), onde participa como intérprete e diretor. Chega ao Brasil pela segunda vez,
depois de uma tourneé europeia. Sua obra resulta de uma busca pelo alinhamento de vários gêneros: tradicional, jazzístico e contemporâneo.
MARTÍN MIROL: Bandoneonista argentino. Iniciou os estudos de música aos oito anos de idade na associação folclórica "Martín Fierro". Participou de concertos com a Orquestra Jovem Tom Jobim, gravou vários discos, desde a Oficina de Cordas de Campinas até o último CD de Caubi Peixoto e Agnaldo Timoteo. É diretor e arranjador da orquestra De Puro Guapos que integra o movimento "El Arrastre" de tango instrumental  no Brasil.

Nenhum comentário:

Postagens populares