Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Recuerdos de bandoneon: última apresentação hoje, no Teatro Municipal de Niterói

“Recuerdos de bandoneon”
Espetáculo de tango com elenco internacional acontece no Teatro Municipal de Niterói
(release do espetáculo)

Um passeio pela história do bandoneon, instrumento símbolo do tango, é o que vai nortear o espetáculo “Recuerdos de bandoneon”, que acontece no Teatro Municipal de Niterói dias 14 e 15 de abril (quarta e quinta-feira), às 21h. Realizado pela Bello Tango Produções e com direção artística e roteiro de Aurora Lubiz e Luciano Bastos, o show terá como convidado especial Roberto Herrera, um dos grandes mestres do tango na Argentina.

Além de traçar a trajetória do bandonéon, o repertório e os números de dança – que incluem vals, milonga e tango – vão revelar sua influência e importância no tango argentino. Originário da Alemanha, o instrumento deve seu nome ao criador Heinrich Band, que o inventou por volta de 1835. “Inicialmente ele era ligado à música religiosa e popular daquele país. Quando chegou à região do Rio de La Plata, logo foi aderido ao recente movimento do tango e, desde então, ambos tornaram-se inseparáveis. Afirmam os estudiosos do gênero que, até a chegada do bandoneon, o tango era um ritmo rápido, em que os bailarinos exibiam-se nos salões dos prostíbulos e disputavam para ver quem era o mais audacioso e habilidoso. Quando os músicos começaram a adotar o bandoneon, este modificou o seu ritmo, tornando-o mais melódico”, conta Luciano Bastos.

O destaque, no repertório de “Recuerdos de bandoneon”, será para os grandes bandoneonistas do século XX, como Aníbal “Pichuco” Troilo, considerado “El bandoneon mayor de Buenos Aires” e Astor Piazzola, responsável por introduzir o instrumento nas grandes salas de concerto. “Piazzolla explorou ao máximo o potencial do bandoneon em suas composições, o que gerou e ainda gera, da parte dos tangueiros mais ortodoxos, intermináveis queixas e objeções à sua arte. E Troilo, que com seu bandoneon encantava serpentes? Fazia uma nota vibrar no espaço e ir diretamente ao coração de quem o escutava!”, empolga-se Luciano.

Elenco internacional
Roberto Herrera, recém-chegado de uma turnê na Itália, e o casal Aurora e Luciano, que por sua vez se apresentou em março em Seul, Hong Kong e Cingapura acompanhado pela Orquestra Café de Los Maestros, são as grandes estrelas do “Recuerdos de bandoneon”. Dono de uma concorrida academia de dança no bairro de Balvanera, em Buenos Aires, Herrera percorre o mundo com sua companhia fazendo shows e ministrando oficinas.
   Aurora e Luciano são os bailarinos oficiais da renomada Café de Los Maestros. A argentina tem um estúdio de dança em Buenos Aires e é bailarina profissional de tango há 20 anos. Já o brasileiro utiliza da técnica clássica à liberdade da capoeira para compor seus passos, sendo considerado um dos melhores bailarinos de tango do Brasil. Juntos, promovem números de tirar o fôlego da platéia.
   O espetáculo vai abrir com os três bailarinos e um bandoneon, representando neste quadro o momento em que o tango era dançado por homens e tanto o tango como o bandoneon eram consideradas “más palavras”. “Resgatamos também a importância da cultura negra e do gaucho de la pampa porteña na criação do tango através da inclusão de um bloco em que combinamos capoeira e folclore argentino”, cita Luciano.
   “Recuerdos de bandoneon” terá números de duplas e em grupo, onde Neusa Abbes e Wellington Lopes, Laure Quiquempois e Marcos Salomão, Vanessa Galvão e Marcelo Martins e o cantor Marcio Gomes completam o elenco da noite.

Repertório
Adios Nonino (A. Piazzolla)
Chacarera de las piedras (Atahualpa Yupanqui)
De puro guapo (Pedro Laurenz)
El dia que me quieras (Carlos Gardel)
El huracan (Edgardo Donato)
Hijo de la luna (Jose Maria Cano)
Iuna (Desconhecido)
La cumparsita (Gerardo Matos Rodrigues)
La puñalada (Pintín Castellanos)
Libertango (A. Piazzolla)
Milongueando en el 40 (Armando Pontier)
Morena (Esteban Margado)
Muchachos comienza la ronda (Leopoldo Díaz Vélez/Luis Porcellana)
Piensalo bien (Agustín Lara)
Por cabeza (Gardel e Alfredo Le Pêra)
Quejas de bandoneon (Aníbal Troilo)
Romance de Barrio (Homero Manzi)
Tanguango (Astor Piazzolla)
Uno (Mariano Mores e Enrique Santos Discépolo)
Valcesito de antes (H. Manzi)

Serviço
RECUERDOS DE BANDONEON – Espetáculo de tango com Roberto Herrera, Aurora Lubiz, Luciano Bastos e grande elenco. Teatro Municipal de Niterói (400 lugares). Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói. Tel.: 2620-1624. Dias 14 e 15 de abril (quarta e quinta), às 21h. Ingresso: R$ 60 e R$ 30 (meia entrada

2 comentários:

Anônimo disse...

Transcrição de email recebido de Hamilton Vaz, sobre o objeto desta postagem:

Olá !!!
Acabei de chegar do Teatro Municipal de Niteroi, onde tive o PRIVILÉGIO de assistir ao espetáculo RECUERDOS DE BANDONEON. Eu digo privilégio porque foi um espetáculo de primeira categoria. Tudo funcionou de uma maneira belíssima. Desde o teatro, que é lindo, passando pela iluminação e pelo som, que estavam ótimos. Os figurinos também são de muito bom gosto.

O elenco é formado por bailarinos de primeiro time, tanto da Argentina quanto da cidade do Rio de Janeiro. Luciano Bastos e Aurora Lubiz, que também são responsáveis pela direção artística do espetáculo, Marco Antonio Salomão, jovem revelação do Tango carioca e Laure Quiquempois, Wellington Lopes e Neuza Abbes, Marcelo Martins e Vanessa Galvão, Valdeci de Souza, Wilson Moreira, contando ainda com as presenças especiais de Aparecida Belotti, produtora do evento e, também, do grande maestro argentino Roberto Herrera. Enfim, todos eles proporcionaram, com a sua arte, momentos bem humorados, momentos intensos, momentos mágicos, bastante aplaudidos pelo público presente. Sem contar com a interpretação do excelente cantor Márcio Gomes.

Me perdoem o entusiasmo, mas eu faço questão de dividir esse sentimento com todos vocês. Se vocês tiverem a oportunidade de assistir o referido espetáculo amanhã, dia 15/04 às 21:00 horas, não percam. Vale MUITO a pena. Eu tenho certeza absoluta que vocês, assim como eu, vão ficar super satisfeitos em presenciar, eu repito, esses momentos mágicos.

Um abraço a todos vocês.

--
Hamilton Vaz

Anônimo disse...

Outro email recebido a respeito desta postagem:

É tudo isso e muito mais, não percam!!!
Tbm tive esse previlégio ontem!!!
Bjssss bailadosss,
Solange Dantas.

Postagens populares