Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Carine Morais e Rafael Barros conquistam o 2º lugar no Puerto Rico Salsa Open

A cada ano mais competitivo, o famoso campeonato internacional de salsa obrigou o casal a intensificar seu condicionamento físico para aumentar tanto a velocidade como a complexidade dos movimentos. "Sempre usamos o samba do Jimmy como arma secreta. E todos na competição sempre comentam o quanto adoram", declarou-nos Carine, que também destacou a nova sequencia de giros que lançaram. Campeões ano passado, o casal achou justa a segunda colocação. "A cada ano a competição está com um nível mais alto e estar entre os melhores do mundo é incrível", completou Rafael. O sucesso do casal reflete-se na agenda cheia para os próximos meses, em apresentações e participações internacionais. Embora com um único casal brasileiro na competição de duplas profissionais, o Brasil também foi bem representado em outras categorias. "Ricardo Mello arrasou no solo, conquistando o terceiro lugar e, com todo orgulho, levamos um casal na categoria junior, que classificou-se com a terceira melhor coreografia e o quinto lugar no final do campeonato, uma ótima colocação pelo seu primeiro ano", informou-nos Carine.

Abaixo, entrevista na íntegra de Carine e Rafael (C e R) concedida ao Jornal Falando de Dança (JFD):

JFD - Nos fale sobre os custos e dificuldades da viagem e as ajudas, patrocínios, apoios recebidos para superar esses obstáculos.

C e R - Este ano devido a vitória no ano anterior ganhamos as passagens e as hospedagens durante o congresso, isso facilitou muito na diminuição dos custos. Também tivemos uma ajuda de custo ( patrocínio) do Esporte Clube Corinthians, que foi fundamental para cobrir os gastos gerais incluindo os figurinos.

JFD - E os trabalhos intensos de treinamento entremeados com agenda lotada?

C e R - Este ano vendo que precisaríamos melhorar nossa condição física para conseguir atingir um nível mais alto de qualidade nos shows, trabalhamos com dois preparadores físicos, Braulio Estevam e Samira Saleh. Durante as viagens fazíamos treinos preparados por eles. Durante nossa turnê na Itália fomos supervisionados por eles a distância.

JFD - Algum movimento diferente que vocês incluíram na coreografia e sobre a complexidade da mesma?

C e R - A nossa nova coreografia foi nossa grande superação, tanto pela velocidade quanto pela complexidade de quase todos os movimentos. Sempre usamos o samba do Jimmy como arma secreta. E todos na competição sempre comentam o quanto adoram. E claro, a nova sequencia de giros que estamos lançando.

JFD - Como estava o nível da competição este ano?

C e R - A cada ano a competição esta com um nivel mais alto. E estar entre os melhores do mundo é incrível. Esse ano o nivel foi altissimo.

JFD - O que vocês acharam da colocação geral?

C e R - Não assitimos os outros casais porque sempre estávamos nos preparando para dançcar, nos concentrando. Pelos videos que vimos, foi justa a colocação.

JFD - E sobre outros concorrentes brasileiros?

C e R -  Não teve nenhum outro casal do Brasil competindo. Fomos o único casal. Porém tivemos a participação incrivel de Ricardo Mello, que arrasou no solo, conquistado o terceiro lugar. E com todo orgulho levamos um casal para representar o Brasil na categoria Junior. Ficaram com a terceira melhor coreografia e quinto lugar na final do campeonato mundial. Ótima colocação pelo seu primeiro ano.

JFD - Deram aulas no evento?

C e R - Este ano fomos convidados para dar aula. Demos uma aula de shines.

JFD - E agora, quais são os planos a médio e longo prazo?

C e R - Temos muitos planos. Temos apenas 3 anos de parceria, e conquistamos muitos sonhos e objetivos. Agora é trabalhar mais para conquistar muito mas. temos muitos eventos fechados até o final do ano que vem. Vamos continuar representando o Ceará e o Brasil no mundo.

JFD - E os planos de viagens para congressos internacionais?

C e R - Quase todos os eventos que temos fechados são fora do Brasil. Queremos aproveitar essa oportunidade incrivel.

Muito obrigada pelo carinho. um grande beijo a todos,

Carine Morais e Rafael Barros



Abaixo, a classificação do Salsa Open 2011: 

1 - Adrian Rodriguez e Anita Santos Rubin (Barcelona, Espanha)
2 - Carine Morais e Rafael Barros (Brasil, São Paulo)
3 - Kelvin Hernandez e Licelott Maldonado (Ponce, Porto Rico)
4 - David Zepeda e Paulina Posadas (Puebla, México)
5 - Ondara Lopez e Bruno Rodriguez (Ponce, Porto Rico)

Abaixo, veja os vídeos dos campeões e vice-campeões como forma de avaliação da apresentação e coreografia de ambos:

Carine Morais e Rafael Barros



Adrian Rodriguez e Anita Santos Rubin

Nenhum comentário:

Postagens populares