Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

terça-feira, 10 de julho de 2007

Quem é Você

Ela já foi jogadora profissional de volei, fez jazz e fez ballet com Pedro Maurício (linha Olineva). Mas se encontrou na dança de salão, na Academia Jimmy, iniciando como aluna de Jimmy e Iolanda Reis, integrando a cia de dança da casa e, mais tarde, fazendo parte do quadro de professores. Foi professora na academia por onze anos, ao lado de seu partner, prof. Faustino Silva, tendo sido a referência feminina após a saída de Iolanda Reis. "Hoje integro a equipe de profissionais da Academia Estação da Dança, em Botafogo, dirigida por Roberto Friedrick. Lá tenho turmas níveis iniciante e intermediário".
Estamos falando da professora Mônica Oliveira, conhecida por sua participação em workshops em várias cidades brasileiras e no Congresso Internacional de Samba, sobretudo em sua especialidade: floreios para damas.
Há quem a conheça também por suas participações na telinha. "Dancei com os atores Roberto Bonfim e Eri Jonhsom em cenas da novela O Clone; com Marcos Pasquim e Bruno Garcia, na novela Kubanakam; e participei do núcleo country da novela América, onde também fui assistente da coreógrafa Sandra Regina". Atualmente Mônica pode ser vista no elenco de apoio de um dos quadros do Casseta e Planeta. "O quadro é semelhante à Escolinha do Prof. Raimundo. Somos alunos na sala e logo depois tem um número de dança". Na parte de teatro, participou das peças A História da Gafieira e Mistura Popular Brasileira. Agora integra o elenco de dançarinos do show Brasil Brasileiro, dirigido pelo argentino Claudio Segovia, que teve temporadas com ingressos esgotados em Paris, Toulouse, Lyon, Barcelona, Madri, Londres e, recentemente, em Baheren, na Arábia Saudita.
E agora, no próximo sábado, dia 14, Mônica inicia um workshop de floreios para damas e técnica de condução para cavalheiros, sobre o que ela nos falou para esta postagem:

"O curso está previsto, inicialmente, para durar três meses. Na parte de floreios para damas, as aulas consistem em excercícios de equilíbrio, postura e conscientização corporal. A dama, tendo conhecimento desses importantes detalhes, se torna apta a fazer os floreios. Que são enfeites, trejeitos femininos feitos pela dama, sem atrapalhar o desenvolvimento do cavalheiro. Nas aulas as damas desenvolvem mais conhecimento do corpo, da música, do passo, saber o que é tempo e contratempo. Com esses conhecimentos, a dama passa a dançar com mais tranquilidade e segurança. E brincando com os enfeites sua dança se torna muito mais bonita. Já na parte do cavalheiro, eu desenvolvi durante meus onze anos de experiência como professora, uma série de exercícios de equilíbrio, postura e conscientização corporal. O cavalheiro passa a dominar seu corpo e, assim, aprender que conduzir NAO É FAZER FORÇA. A dança é um momento de lazer, prazer e, como tal, o intuito do meu curso é mostrar que, com a aplicação da técnica, qualquer pessoa é capaz de dançar, realizar qualquer movimento, cada um dentro do seu limite fisico e de idade. A intensidade quem decide é cada um. Então, quando um aluno observa um professor fazendo uma demonstração de um passo, não irá ficar inibido, irá se espelhar nele e saber que poderá fazer o movimento dentro de suas próprias condições. O resultado é realmente significativo porque a dança se torna mais fácil. É importante ressaltar que esse curso não tem limite nenhum de idade ou nível de dança. Podem fazer o curso tanto as pessoas que estão no início como as mais avançados, pois demonstrarei que podemos fazer enfeites desde o passo básico ao nível mais avançado, cada um dentro do seu limite de dança. E se o aluno já tiver feito outro tipo de dança, como ballet, poderá ampliar a intensidade de seus movimentos”.

Informações sobre as aulas da profª Mônica e o curso de floreios e técnica de condução, no tel. (21) 2286-0065 (Academia Estação da Dança).

Nas fotos que ilustram esta matéria, Mônica com o elenco do Brasil Brasileiro em Paris (1), ao lado de Glória Maria, quando esta fez a reportagem sobre o show para o Fantástico, em 2005; na temporada do show em Londres, quando recebeu convite para ministrar aulas na cidade (2); atuando no palco, ao lado de sua mestra e amiga Iolanda Reis (3); e fotos nos estúdios da Globo, em gravação para o Casseta e Planeta (4 e 5).

Nenhum comentário:

Postagens populares