Curta nossa fanpage

Curta a página dos editores

Pesquisar:

BLOG FALANDO DE DANÇA, BY LEONOR COSTA

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Circuito Estadual das Artes chega a mais de 60 municípios do Estado do Rio de Janeiro




O Circuito Estadual das Artes, programa da Secretaria de Estado de Cultura que, desde seu lançamento, em 2008, já promoveu a circulação de mais de 170 espetáculos por todas as regiões do estado, levando arte a um púbico de mais de 75 mil pessoas, entra agora em sua quinta edição. Colocando na estrada 50 produções não inéditas de teatro adulto, teatro infanto-juvenil, teatro de rua, dança circo, música popular e erudita, o programa chega a mais de 60 municípios. Além dos espetáculos, oficinas de capacitação técnica e formação para artistas e para o público, em geral, acontecerão em 11 municípios.

Os recursos da Secretaria destinados ao programa este ano são de R$ 2 milhões. O Circuito Estadual das Artes contabiliza mais de 220 espetáculos nas suas cinco edições. “O programa é uma via de mão dupla. Leva importantes produções para o interior, mas também supre um desconhecimento de vários artistas da capital com relação ao estado onde vivem”, comenta Eva Doris, Superintendente de Artes da Secretaria de Estado de Cultura. “Quando viajam pelos municípios, as companhias percebem o quanto a presença delas faz a diferença. Por isso, incentivamos oficinas e bate-papos entre os artistas visitantes e a população local para que haja um intercâmbio de ideias”.

A programação começa 03 de novembro, com a peça teatral Quando As Máquinas Param, em Sapucaia; o espetáculo de teatro de Rua O vaqueiro que não sabia mentir, em Magé; e a apresentação do grupo de música popular Bondesom: Procurando Lola, em Cordeiro. Já as oficinas começam com residência de improvisação teatral da Companhia Amok de Teatro em Paraty, no dia 05 de novembro.
Seis novos municípios integram o programa nesta edição. Laje do Muriaé (região Noroeste), Silva Jardim (região Litorânea) e Conceição de Macabu (região Norte) receberão espetáculos; já Araruama e Arraial do Cabo (ambos na região dos Lagos) e Bom Jardim (região Serrana) terão também oficinas de formação e capacitação técnica.

Alguns destaques da programação do Circuito Estadual das Artes 2012:

Teatro

A lista de montagens teatrais inclui espetáculos consagrados – como a de Toda Nudez Será Castigada, feita pela Cia Armazém, encerrando as comemorações do centenário de Nelson Rodrigues – mais Em Nome do Jogo, com Marcos Caruso; o infantil Joaquim e as Estrelas, peça vencedora do Prêmio Zilka Salaberry 2010 de Melhor Texto; o monólogo Rosa, com Debora Olivieri, indicada aos prêmios Shell e APTR de Melhor Atriz; e O Filho Eterno e Adultério, duas produções de sucesso da Companhia dos Atores de Laura, que acaba de completar 20 anos. Essas atrações chegarão a um público esperado de 40 mil pessoas, em mais de 60 municípios.

Música

Na área de música popular, o Circuito Estadual das Artes apresentará, entre outros, a cantora Marya Bravo, que faz parte do elenco dos musicais assinados pela dupla Müller e Botelho desde suas primeiras produções; a banda Móveis Coloniais de Acaju,  a Fanfarrada Feira Livre Musical e o show baile de Edu Krieger. Por sua vez, o violoncelista, arranjador, compositor e produtor musical Jaques Morelenbaum circulará pelo estado com o seu singularíssimo Cello Samba Trio, no qual o samba ganha o sabor intimista da música de câmara, tendo o violoncelo como protagonista. Morelembaum tem participação marcante na música brasileira, através de trabalhos desenvolvidos com Tom Jobim, Caetano Veloso, Ivan Lins e Gilberto Gil.

Dança

O destaque na área de dança é o consagrado Canções que você dançou pra mim, da Focos Cia de Dança, cuja carreira acumula mais de 70 apresentações em todo o país, além de aclamadas passagens por Alemanha, Panamá e 32 cidades da França. No espetáculo, dirigido e coreografado por Alex Neoral e produzido pela Focus Cia. de Dança, quatro casais cantam, dançam e interpretam um grande “pot-pourri” com 72 canções do cantor Roberto Carlos.

Circo

Nesta categoria, o Circo Zarak Show, formado por artistas do Circo Dux, traz acrobatas, palhaços, malabaristas, e cômicos de diferentes habilidades num espetáculo de humor rasgado e popular. O grupo, em seus cinco anos de existência, apresentou espetáculos, números cômicos e participou de diversos cabarés de variedades em praças e picadeiros do Brasil e do exterior.
Formação e Capacitação Técnica

As oficinas de formação e capacitação técnica que passaram a integrar o Circuito Estadual das Artes a partir da edição anterior têm início em Paraty, no dia 05 de novembro, com o grupo Amok de Teatro.  As oficinas são abertas à população, em geral, e funcionam, ainda, como uma forma de intercâmbio com companhias ou grupos de atores locais.

As oficinas são realizadas em duplas de municípios, localizadas em regiões diferentes. Nesta edição, 11 companhias, produções ou artistas independentes promoverão residências, durante duas semanas, uma em cada um de dois municípios previamente escolhidos dentre Duque de Caxias, São João da Barra, Araruama, Volta Redonda, Arraial do Cabo, Paraty, Bom Jardim, Três Rios, Angra dos Reis, Petrópolis e Queimados. Por exemplo: o grupo Foguetes Maravilha, do ator Felipe Rocha, fará oficinas em Angra dos Reis e São João da Barra, já o grupo Dramaturgias da Cena, de Carla Faour e Henrique Tavares, ficará durante uma semana em Araruama e mais outra em Duque de Caxias.

A programação do Circuito Estadual das Artes 2012 foi formada por meio de um edital público, cujo valor total é de R$ 2 milhões. O objetivo do programa é estimular uma programação de qualidade nos equipamentos culturais no interior do estado, assim como ampliar o mercado de trabalho para artistas, técnicos e produtores.

Veja a programação completa no Circuito Estadual das Artes

Nenhum comentário:

Postagens populares